Atendimento: +55 51 3013.5590
Área Restrita: Condominios

Como dispor quadros no condomínio

Quadros são elementos decorativos que ajudam a tornar o condomínio confortável visualmente. Sejam pinturas, gravuras, fotos ou desenhos, conferem estilo e marcam a identidade do local. Eles podem ser boas opções também para espaços que exigem decoração ou uma repaginada rápida, não envolvendo gastos excessivos.

“É importante escolher uma temática que seja adequada ao estilo do ambiente. Se for clássico, paisagens podem ser muito interessantes, como imagens de campos ou até mesmo figuras humanas em representações de cenas do cotidiano. Já se for mais contemporâneo – com linhas mais retas e aspecto clean – quadros abstratos podem tornar o espaço estimulante ao apresentar cores mais fortes” orienta a arquiteta Fabiana Mazzotti, que desenvolve projetos de interiores em Porto Alegre.

A disposição dos quadros deve ser planejada, levando em consideração a arquitetura do ambiente. “O ideal é que quadros maiores sejam usados em paredes maiores e que sejam vistos de longe, para que o observador tenha uma visão geral do seu desenho. Já os menores podem ser colocados em locais que permitam a aproximação para que seus detalhes possam ser examinados”, explica Fabiana. “Existem inúmeras formas de se dispor e o que determina essa escolha é a análise do espaço que se possui. Podemos agrupar quadros pequenos, formando um grande painel ou dispor quadros lado a lado em corredores, por exemplo”. A arquiteta também alerta que a iluminação das obras é crucial para que os quadros estejam bem apresentados. O uso de lâmpadas dicróicas direcionáveis valorizam as peças e as lâmpadas AR 70 conferem um efeito mais dramático e pontual aos quadros.

Fonte: Revista Síndico – Abril / Maio / Junho – Nº 203 – Ano 35 – Publicação Auxiliadora Predial.